Dieta sem glúten tudo que você precisa saber

Definição da dieta sem glúten:

dieta sem gluten

Uma dieta sem glúten é indicada principalmente para tratar a doença celíaca. O glúten ataca provocando inflamação no intestino delgado de quem esta com a doença. Uma dieta livre de glúten controla os sinais e sintomas e ajuda prevenir complicações da doença.

Embora os especialistas achem que os efeitos prejudiciais do glúten sejam controversos, sabe-se que uma dieta sem glúten é uma dieta que exclui a proteína glúten. O glúten é encontrado em cereais, tais como trigo, cevada, centeio, e um cruzamento entre o trigo e o centeio chamado triticale.

Existe ainda o que se chama de sensibilidade ao glúten não celíaco, que se trata de uma reação do glúten em pessoas sem a doença celíaca. Pessoas com sensibilidade ao glúten, ao ingeri-lo pode ocorrer diarreia, dores de estômago, distensão abdominal, fadiga, depressão e outros sintomas.

As pesquisas feitas do glúten não param por aí, tanto que mais recentemente descobriu-se que uma dieta sem a proteína é eficaz para tratar alguns casos de esquizofrenia, autismo e um tipo de ataxia cerebelar.

Também foi verificado que pessoas com sensibilidade ao glúten são sensíveis ainda aos FODMAPs, resumidamente, um conjunto de carboidratos de difícil absorção que costuma causar gases. Porém, nem sempre é fácil eliminar a proteína do dia a dia, pois ela está em muitos alimentos, como pães, massas, bolos, cerveja, bolachas, biscoitos e outros.

Além de estar em produtos que nem se imagina, por isso, é essencial ler o rótulo de todos os alimentos antes de consumi-los. Uma dica para quem quer ou precisa tirar o glúten do cardápio é substituir a farinha de trigo e as demais que possuem a substância pelas farinhas sem glúten.

Alimentos permitidos na dieta sem glúten:

alimentos da dieta sem glúten

Apesar das restrições, uma pessoa em uma dieta sem glúten pode ainda desfrutar de uma dieta ampla e variada. É importante ler os rótulos dos alimentos embalados ou preparados. Alguns alimentos sem glúten que as pessoas com doença celíaca pode desfrutar incluem:

  • Produtos de carne – carne não processada, peixe, frango, bacon, presunto fora do osso e carnes que são congelados ou enlatados, mas sem molho.
  • Produtos lácteos – ovos, full-creme de leite, leite com baixo teor de gordura, leite evaporado, leite condensado, creme de leite fresco, processados ??ou queijo bloco, e alguns cremes e leites de soja.
  • Frutas e legumes – frescos enlatados ou congelados, sucos de frutas, nozes e manteiga de amendoim.
  • Cereais – milho, farinha de soja, farinha de lentilha, arroz (todos os tipos), farinha de arroz, farelo de arroz, farinha de batata, trigo mourisco, painço, amaranto, cereais de pequeno almoço feitos de milho e arroz (sem extrato de malte de cevada), polenta.
  • Pães, bolos e biscoitos – a maioria dos biscoitos de arroz, bolos de milho, arroz, tortilhas de milho e milho tacos, glúten pães embalados rotulados sem glúten, biscoitos e bolos embalados rotulados livres.
  • Massas sem glúten, macarrão de arroz, arroz ou feijão e 100 por cento de macarrão de trigo sarraceno.
  • Condimentos – compotas, mel, xarope de bordo, cacau, todos os tipos de vinagres (exceto malte), alguns molhos para saladas, algumas pastas tomate.
  • Lanches – salgadinhos de milho simples, pipoca não aromatizado e chocolate puro.
  • Bebidas – chá, café, água mineral, vinho, bebidas espirituosas e licores.

Produtos de cereais sem glúten

massa sem glúten

Naturalmente sem glúten, os produtos de cereais que podem ser apreciados incluem:

  • Amaranto
  • Araruta
  • Trigo sarraceno
  • Farinha de castanha
  • Farinha de coco
  • Farinha de milho
  • Fubá
  • Tortilhas de milho
  • Farinha de lentilha
  • Milho refeição
  • Polenta
  • Farinha de batata
  • Quinoa
  • Arroz (qualquer tipo)
  • Farelo de arroz
  • Farinha de arroz
  • Sorgo
  • Farinha de soja

Produtos feitos especialmente sem glúten

produtos sem glúten

Existem vários produtos livres de glúten comercialmente preparados, incluindo:

  • Cerveja
  • Biscoitos
  • Pão
  • Farinha de rosca
  • Cereais do café da manhã
  • Misturas de cozimento
  • Bolos
  • Barras de cereais
  • Pastelaria

Algumas farinhas sem glúten são:

Aveia, tapioca, farinha de milho, de arroz, de amaranto, de quinoa, de linhaça, de coco, de banana verde, de grão de bico, além do polvilho azedo e da fécula de batata. Hoje em dia, cresce o número de lojas especializadas na venda desses produtos, já que na hora de comprar os industrializados a atenção deve ser redobrada.

Ou seja, se um alimento sem glúten foi processado na mesma máquina que os produtos com glúten é ideal evitá-los também. Essa informação costuma estar no rótulo de alguns alimentos, confira sempre.

Receita de farinha sem glúten

farinha sem gluten

Há muitas receitas disponíveis para substitutos de farinha sem glúten, ou você pode comprar misturas de farinha, pastelaria e fermento em pó sem glúten.

Uma receita para a farinha de trigo sem glúten envolve uma mistura em conjunto:

  • 6 xícaras de farinha de arroz
  • 2 xícaras de fécula de batata
  • 1 xícara de farinha de milho (glúten zero).

Para fazer farinha sem glúten, adicione fermento em pó sem glúten à mistura acima, e gomas, como descrito acima. fermento em pó pode ser feita a partir de:

  • 1/4 xícara de bicarbonato de sódio
  • 1/2 xícara de creme de tártaro.

Pastelaria doce pode ser feita com:

  • 60g de farinha de milho
  • Leite em pó 3/4 xícara
  • 1 1/2 xícaras de coco
  • 120g de manteiga derretida.

E aproveite para conhecer algumas receitas de pão sem glúten clicando  aqui.

Gostou do Artigo? Comente Aqui

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *