Recentemente, os testes de colisão se tornaram cada vez mais importantes na indústria automotiva. A segurança dos veículos é primordial para garantir a proteção dos motoristas, passageiros e pedestres em caso de acidentes. Por isso, é de extrema importância saber quais são as melhores e piores marcas em segurança automotiva na Europa.

A EuNCAP (European New Car Assessment Programme) é responsável por realizar testes de colisão em todo o continente europeu. A organização premia os veículos com pontuações de uma a cinco estrelas, baseadas em vários critérios, tais como segurança dos passageiros adultos, crianças, pedestres e tecnologia de segurança.

Entre as marcas mais bem avaliadas na Europa, a Volvo é destaque. A marca sueca está sempre na vanguarda da tecnologia de segurança automotiva e seus modelos costumam receber nota máxima nos testes de colisão da EuNCAP. Outras marcas com desempenho igualmente excelente são a Mercedes-Benz, Audi e BMW.

Por outro lado, algumas marcas têm apresentado resultados preocupantes nos testes de colisão. A Dacia, marca romena subsidiária da Renault, e a marca chinesa Great Wall são conhecidas por terem modelos com baixa pontuação em segurança automotiva. Além disso, marcas como Fiat, Jeep e Alfa Romeo também ficam abaixo da média em termos de segurança.

É importante ressaltar que, embora uma marca possa ter um modelo com baixo desempenho em testes, isso não significa que todos os seus modelos são inseguros. Cada veículo é avaliado individualmente e, por isso, é necessário verificar a pontuação de segurança de cada modelo em particular.

Em resumo, os testes de colisão na Europa são uma ferramenta importante para garantir a segurança dos veículos e de seus ocupantes. Ao escolher um carro, é essencial levar em consideração a avaliação de segurança para garantir a proteção de todos os envolvidos em caso de acidentes.